1. 2014 - 2016. User Activity Recognition for Energy Saving in Smart Homes. (Coordenador)

    Descrição: This research project proposes a method to minimize power consumption, by identifying energy waste based on the recognition of users' activities. This project is partially funded by CAPES and Microsoft (Microsoft Azure grant).

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto

    Financiador(es): Não possui

  2. 2014 - 2017. PCRAI: Publicação Científica em Revista de Alto Impacto na Área de Segurança de Computadores. (Coordenador)

    Descrição: Este projeto tem como meta ampliar a produção cientifica dos pesquisadores vinculados ao Grupo de Pesquisa em Tecnologias Emergentes e Segurança de Sistemas (ETSS) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), custeando as publicações dos resultados científicos dos alunos de doutorado e mestrado em revistas de alto impacto (A1, A2 e B1), conforme o sistema Qualis da CAPES.

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto

    Financiador(es): Não possui

  3. 2013 - 2016. Sistema para Detecção e Prevenção contra Vazamento de Informações em Ambientes Móveis. (Coordenador)

    Descrição: Este projeto visa desenvolver abordagens que possam ter uma acurácia superior aos métodos tradicionais para a detecção e prevenção contra o vazamento de informações em dispositivos móveis. Este projeto envolve a participação de profissionais do setor de Pesquisa e Desenvolvimento (R&D) da Empresa Samsung Eletrônica da Amazônia Ltda, Matriz (SEDA-M) e Filial Campinas (SEDA-C), de docentes e discentes oriundos do grupo de pesquisa em Tecnologias Emergentes e Segurança de Sistemas (ETSS) da Universidade Federal do Amazonas.

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto; Eduardo Luzeiro Feitosa; Eulanda Miranda dos Santos

    Financiador(es): Não possui

  4. 2013 - 2017. Monitoramento e Controle de Redes sem Fio Heterogêneas. (Coordenador)

    Descrição: O presente projeto prevê ações de cooperação em pesquisa e formação de recursos humanos nas áreas de redes sem fio, redes de sensores e redes veiculares. Em particular, o projeto visa a concepção e o desenvolvimento de um framework inovador que permita o monitoramento e controle de redes sem fio heterogêneas. Este projeto trata a eficiência de transmissão de dados em redes sem fio heterogêneas através da gestão e distribuição eficientes do espectro. Este projeto faz parte do Programa de Tecnologia da Informação na Amazônia - PROTI MOBILIDADE (Edital FAPEAM 015/2013) e envolve a participação de docentes e discentes oriundos do grupo de pesquisa em Tecnologias Emergentes e Segurança de Sistemas (ETSS) da Universidade Federal do Amazonas e do grupo de pesquisa em Computação Distribuída e Móvel (DMCG) da Universidade de Ontário (UOIT - Institute of Technology), Canadá.

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto; Eduardo Freire Nakamura; Richard Werner Nelem Pazzi

    Financiador(es): Não possui

  5. 2013 - 2017. IMPRESS - FP7-EU-Brazil. (Participante)

    Descrição: The aim of the IMPRESS (Intelligent System Development Platform for Intelligent and Sustainable Society) project is to provide a Systems Development Platform (SDP) which enables rapid and cost effective development of mixed criticality complex systems involving Internet of Things and Services (IoTS) and at the same time facilitates the interplay with users and external systems. The IMPRESS development platform will be usable for any system intended to embrace a smarter society. The demonstration and evaluation of the IMPRESS platform will focus on energy efficiency systems addressing the reduction of energy usage and CO2 footprint in public buildings, enhancing the intelligence of monitoring and control systems as well as stimulating user energy awareness. This project is part of the Brazil-EU cooperation in ICT Research and Development (MCTI/CNPq Nº 13 / 2012). The Consortium consists of nine organizations from six different countries (Germany, Denmark, Sweden, Finland, Italy and Brazil). Brazilian participant are: UFAM - Federal University of Amazonas; UFPE - Federal University of Pernambuco; UFABC -Federal University of ABC; CHESF Companhia Hidro Elétrica do São Francisco; and Engetron Ltda. European participant are: FIT - Fraunhofer Institute for applied Information Technology; CNET - CNet Svenska AB; IN-JET - In-JeT ApS; ISMB - Istituto Superiore Mario Boella; and VTT - Teknologian Tutkimuskeskus VTT.

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto; Djamel Fawzi Hadj Sadok; Eduardo Luzeiro Feitosa; Eulanda Miranda dos Santos

    Financiador(es): Não possui

  6. 2013 - 2017. Triplo-S: Sistema de Monitoramento e Controle Inteligente de Redes sem Fio Heterogêneas. (Coordenador)

    Descrição: Este projeto visa o desenvolvimento de um framework inovador que permita o monitoramento e controle de redes sem fio heterogêneas. O sistema proposto reutiliza resultados e conhecimentos adquiridos no projeto BEMO-COFRA e propõe a interoperabilidade entre as tecnologias sem fio coexistindo num framework geral de monitoramento e controle. O Triplo-S lida com múltiplas tecnologias de comunicação sem fio e heterogêneas, possivelmente coexistindo num mesmo dispositivo. Este projeto faz parte do Programa de Tecnologia da Informação na Amazônia - PROTI APOIO A PROJETOS DE PESQUISA (Edital FAPEAM 016/2013) e envolve a participação de docentes e discentes oriundos do grupo de pesquisa em Tecnologias Emergentes e Segurança de Sistemas (ETSS) da Universidade Federal do Amazonas e do grupo de pesquisa em Computação Distribuída e Móvel (DMCG) da Universidade de Ontário (UOIT - Institute of Technology), Canadá.

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto

    Financiador(es): Não possui

  7. 2012 - 2014. Detecção, Análise e Caracterização do Comportamento de Códigos Maliciosos baseadas em Grafos. (Coordenador)

    Descrição: Este projeto propõe a identificação, análise e caracterização de códigos maliciosos através da análise de grafos. Cada código malicioso pode ser representado por um grafo e então o processo de detecção pode ser transformado em um problema de encontrar um subgrafo que mantenha a estrutura lógica do malware mesmo após o metamorfismo. O objetivo é aprimorar o processo de identificação e classificação de programas malware (códigos maliciosos), através da análise comportamental dos programas suspeitos, baseada em padrões de operação modelados como grafos orientados

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto; Gilbert Breves Martins

    Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas

  8. 2011 - 2014. BEMO-COFRA - FP7-EU-Brazil. (Participante)

    Descrição: O projeto BEMO-COFRA (MOnitoring and COntrol FRAmeworks) tem como objetivo desenvolver um framework distribuído inovador que permita o controle e monitoramento em rede de sistemas complexos de grande porte pela integração de objetos inteligentes, dispositivos e sub-sistemas legados, possivelmente cooperando para suportar administração integrada e alcançar eficiência sistêmica geral com respeito a energia e matéria prima. Este projeto está dentro de um programa de cooperação Brasil ? União Européia (FP7) em Tecnologias da Informação e Comunicação ? TIC (Edital MCT/CNPq No. 066/2010). O projeto envolve instituições brasileiras (UFPE/GPRT - Grupo de Pesquisa em Redes e Telecomunicações; UFAM/ETSS ? Grupo de Pesquisa em Tecnologias Emergentes e Segurança de Sistemas; iVision - Sistemas de Imagem e Visão S.A.; e Comau do Brasil) e instituições internacionais (FIT - Fraunhofer Institute for applied Information Technology; CNET - CNet Svenska AB; IN-JET - In-JeT ApS; ISMB - Istituto Superiore Mario Boella; e VTT - Teknologian Tutkimuskeskus VTT)

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto; Judith Kelner; Eduardo Luzeiro Feitosa

    Financiador(es): Não possui

  9. 2011 - 2014. SecFuNet - FP7-EU-Brazil. (Participante)

    Descrição: A Internet do futuro será baseada principalmente na virtualização de redes e na computação em nuvens. Sendo assim, um dos maiores desafios para sua implementação será prover a esta arquitetura de redes virtualizadas e acesso as nuvens um alto grau de segurança. O projeto SecFuNet (Security for Future Networks) propõe o desenvolvimento de um arcabouço capaz de prover autenticação, identificação e transferência segura de dados, bem como uma infraestrutura segura de redes virtualizadas e a privacidade em redes virtuais e nuvens. Este desenvolvimento explorará técnicas baseadas em microcontroladores, gerência de recursos, algoritmos tolerantes a intrusão e protocolos de criptografia. Este arcabouço será obtido através da elaboração e desenvolvimento de uma arquitetura coerente para redes virtuais e acesso as nuvens. Este projeto está dentro de um programa de cooperação Brasil ? União Européia (FP7) em Tecnologias da Informação e Comunicação ? TIC (Edital MCT/CNPq No. 066/2010). O projeto envolve instituições brasileiras (UFPE/GPRT - Grupo de Pesquisa em Redes e Telecomunicações; UFAM/ETSS ? Grupo de Pesquisa em Tecnologias Emergentes e Segurança de Sistemas; UFRJ; UECE; UFSC; UFRGS; DWA) e instituições internacionais (ET ? EtherTrust; TWI ? Twinteq; UPMC - Université Pierre et Marie Curie -LIP6; TPT - Telecom ParisTech; ENS - Ecole Normale Supérieure; IMP ? Implementa; TUM - Technische Universität München; INF ? Infineon; FFCUL - Fundação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa)

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto; Djamel Fawzi Hadj Sadok; Eduardo Luzeiro Feitosa

    Financiador(es): Não possui

  10. 2008 - 2010. REVELAR: Redes de Vídeo-Sensores Sem Fio na Implementação de Armadilhas Fotográficas (Camera-Traps) para Monitoração e Catalogação de Animais na Floresta Amazônica. (Participante)

    Descrição: Este projeto propõe-se a investigar o uso de Redes de Sensores Sem Fio (RSSFs) e Redes de Vídeo- Sensores Sem Fio (RVSSFs) no auxílio e implementação de armadilhas fotográficas (camera traps) para a monitoração e catalogação de espécies animas na floresta amazônica. Armadilhas fotográficas são máquinas com sensores de presença que capturam fotos e imagens de animais em seus habitats e comportamentos naturais. Tais câmeras têm sido extensamente utilizadas em uma série de projetos de pesquisa e por órgãos de proteção e preservação ambiental. Este projeto objetiva, assim, em investigar como RSSFs e RVSSFs podem ser utilizadas no auxílio e até mesmo substituição destas armadilhas fotográficas por sensores sem fio e, por fim, propor uma solução para a monitoração e catalogação de animais na floresta amazônica, mais especificamente na floresta nativa do campus da UFAM. O uso de sensores no lugar das armadilhas fotográficas tradicionais resultará em uma série de vantagens e produzirá resultados ainda mais completos aos pesquisadores como, por exemplo, a obtenção das condições ambientais no momento em que as fotos são tiradas e também o envio automático das fotos às centrais de monitoramento (i.e., sem a necessidade de se deslocar até o local para pegar os negativos). Um projeto deste tipo trará diversas contribuições ao conhecimento científico, tecnológico e de inovação, tanto na área de computação como na também na área de conservação e monitoramento ambiental uma vez que não há conhecimento de projetos semelhantes e menos ainda em um cenário como a região amazônica

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto; Eduardo Freire Nakamura; Horacio Antonio Braga Fernandes de Oliveira; Antonio Alfredo Ferreira Loureiro; Fabíola Guerra Nakamura; Marcelo Gordo; Raimundo da Silva Barreto

    Financiador(es): Não possui

  11. 2008 - 2010. Roteamento Inter-Domínio para Redes Ad-Hoc. (Participante)

    Descrição: Este projeto é desenvolvido através da parceria entre o Grupo de Pesquisa em Redes e Telecomunicações (GPRT) do Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e a ERICSSON do Brasil (EDB). As últimas duas décadas têm sido marcadas por uma verdadeira revolução na área de comunicação sem fio. Grandes avanços têm sido obtidos principalmente pela introdução de diferentes tecnologias e pelo surgimento de dispositivos sem fio onipresentes tais como computadores portáteis, PDAs e telefones celulares. Contudo, a interoperabilidade entre dispositivos com diferentes capacidades e tecnologias cria novos desafios para o desenvolvimento de soluções de roteamento eficientes e adaptativas. A crescente quantidade e complexidade de informações que as soluções de roteamento necessitam considerar para lidar com as mudanças do estado da rede e/ou requisitos dos usuários é bem conhecida e pouco explorada. Desta forma, o próximo estágio da evolução de tais redes será suportar a federação de diferentes redes ad hoc (MANETs). Este problema é conhecido como roteamento inter-domínio em MANETs

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto; Judith Kelner; Djamel Fawzi Hadj Sadok; Rafael Aschoff; Eduardo Luzeiro Feitosa; Leonardo Henrique Vilaça Silva; Josias Barbosa de Lima Junior

    Financiador(es): Não possui

  12. 2005 - 2007. Construção de Redes IP Robustas. (Participante)

    Descrição: O projeto RIP tem como objetivo o desenvolvimento e testes de mecanismos para proteger as redes IP de acessos indesejáveis ou de mudanças não autorizadas em seus componentes. Particularmente, o projeto RIP visa propor uma arquitetura que garanta o acesso seguro aos usuários da rede IP. Para isso, é necessário garantir que tais acessos sejam realizados de forma controlada ou mesmo através de um escopo restrito visando garantir que usuários maliciosos não façam uso do tráfego de sinalização (como ping ou traceroute) para consultar sobre a funcionalidade dos elementos de rede e alterar suas características

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto; Guthemberg Silvestre; Judith Kelner; Djamel Fawzi Hadj Sadok; Rafael Aschoff; Bruno Lins; Ademir José de Carvalho Júnior

    Financiador(es): Não possui

  13. 2004 - 2005. Especificação de um Plano de Controle Integrado para a Rede GIGA. (Participante)

    Descrição: Este projeto prevê a especificação de um plano de controle baseado em GMPLS para a rede experimental de alta velocidade GIGA. O Plano de Controle da Rede GIGA tem as seguintes quatro funções básicas: 1) Determinação da vizinhança e dos estados de enlaces de cada nó óptico; 2) Difusão dos estados dos enlaces através da rede; 3) Determinação da rota e atribuição de comprimento de onda para estabelecimento do circuito óptico; 4) Sinalização para estabelecimento (com ou sem recuperação) e encerramento dos circuitos ópticos

    Integrantes(es): Eduardo James Pereira Souto; Carlos Alberto Kamienski; Djamel Fawzi Hadj Sadok

    Financiador(es): Instituto Atlântico, Fundação Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações